INFORMAÇÃO

Maricá negocia doação de piscinas usadas nas Olimpíadas do Rio 2016

LSM – O parque de natação com a piscina olímpica que serviu para as competições dos Jogos Olímpicos Rio 2016, seria doado para a cidade de Maricá, mas uma negociação ainda está sendo feita para que o município consiga a doação.  

A Comissão de Esportes da Câmara Municipal do Rio tem feito inspeções para acompanhar o legado desde 2017. Mas a falta de planejamento para deixar um legado olímpico, acabou gerando um abandono nas instalações esportivas.  

O Prefeito de Maricá, Fabiano Horta, se mostrou interessado em adquirir as piscinas do parque olímpico e uma negociação entre as prefeituras do Rio e de Maricá está sendo feita, para que o município possa receber essa doação.  

As piscinas do parque olímpico são de uma marca italiana líder no setor de natação e reconhecida como uma das melhores no mercado europeu. A estrutura da principal mede 50 x 25, tem 2 metros de profundidade e 15 anos de garantia contra vazamento. A piscina oferecida para Maricá é uma estrutura integra ao parque de competição, mas contém 10 raias como a principal, com as mesmas dimensões, porém tem a profundidade de 3 metros.  

A desmontagem do Centro Olímpico de Esportes Aquáticos envolve o uso de uma piscina que custou aproximadamente 800 mil euros (quase R$ 5 milhões).  

O município de Maricá demonstrou interesse por ter as piscinas desde o início, o intuito de trazer as piscinas para a cidade, é justamente para dar continuidade ao legado e não desperdiçar uma oportunidade de oferecer algo novo para a cidade.

(Fotos: Divulgação)
error: Content is protected !!