INFORMAÇÃO

Itaboraí: Gestantes ganham serviço para assistência ao parto humanizada

LSM – A Secretaria Municipal de Saúde de Itaboraí, através do Centro de Especialização da Criança, Adolescente e da Mulher (CECAM), incluiu no serviço de assistência ao parto humanizado sessões de fisioterapia obstetrícia.

As primeiras gestantes receberam o atendimento na última quinta-feira, 18. Ao todo, foram quatro mulheres selecionadas para o novo programa assistencial, intitulado ‘Gestante em Movimento’. As gestantes receberam as primeiras orientações das profissionais de saúde no auditório da CECAM, no Centro de Itaboraí.

O programa é voltado para gestantes que estão no 2º e 3º trimestre de gravidez. O serviço será oferecido na fase inicial para acompanhar as mulheres que realizam o pré-natal no Posto de Saúde Prefeito Milton Rodrigues da Rocha, também no Centro da cidade e pelo ambulatório do CECAM.

Nas sessões são realizadas técnicas de relaxamento, respiração, exercícios de alongamento e fortalecimento, prevenção de disfunções do assoalho pélvico (como incontinência urinária) e do sistema musculoesquelético. Os exercícios auxiliam no posicionamento adequado para a passagem do bebê pelo canal vaginal na hora do parto.

As gestantes ainda recebem orientações de como realizar a massagem perineal com o objetivo de evitar algumas intervenções cirúrgicas, como episiotomia ou diminuir o grau de laceração perineal.

“A inserção das sessões de fisioterapia obstetrícia contribui para que a humanização também aconteça no pré-parto. Temos evidências que as sessões de fisioterapia obstetrícia previnem a limitação funcional da gestante, reduz o risco de trauma perineal, melhora o condicionamento físico da futura mamãe, e até reduz os casos de diabetes gestacional e síndrome hipertensiva.” – explicou Michel Radamaker, superintendente da Atenção Especializada e Gestão Hospitalar do município.

As gestantes de Itaboraí interessadas no programa deverão fazer inscrição às terças ou quintas-feiras, de 8h às 10h, no Posto de Saúde Prefeito Milton Rodrigues da Rocha ou na CECAM. É necessário apresentar o cartão do SUS ou CPF. Devido a pandemia, o atendimento será realizado com quatro gestantes por vez, tendo a duração de 50 minutos. Todas as inscritas serão acompanhadas até o final da gestação.

error: Content is protected !!
× Como podemos te ajudar?