INFORMAÇÃO

Estudantes de Itaboraí são medalhistas em Olimpíada Brasileira de Astronomia

LSM – Estudantes itaboraienses da Escola Municipal Guilherme de Miranda Saraiva conquistaram cinco medalhas na 23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). A cerimônia de premiação foi realizada nesta quinta-feira, 12, em Itaboraí.

A premiação foi válida pela edição de 2020, mas devido à pandemia, a cerimônia – que aconteceu na própria escola – foi realizada apenas este ano.

O evento contou com a presença da subsecretária de Gestão de Ensino, Gláucia Vieira, representando a Secretaria Municipal de Educação, além da direção da escola, professores, alunos e familiares.

Um dos alunos, Thales Flôr Campos, recebeu a medalha de ouro, enquanto outros quatro estudantes receberam a medalha de bronze, sendo eles: Ana Alice da Silva Cavalcante, Letícia da Silva Bastos, Maria Eduarda da Conceição Tardim Fonseca e Samara de Almeida dos Santos. Mesmo sem as aulas presenciais, os alunos não referem o foco e continuaram a preparação, colhendo bons frutos posteriormente.

De acordo com o professor de ciências e representante da OBA, Carlos Alexandre, o planejamento de aulas especiais e o plano de estudo que foi preparado para auxiliar os estudantes foi essencial para a conquista das medalhas. A OBA ainda disponibilizou um aplicativo para a complementação dos estudos.

“Vivemos um tempo conturbado e no meio de tanta turbulência temos uma notícia ótima dessa que é ter nossos alunos premiados na OBA que é a nível nacional. Estamos reconhecendo não só nossos alunos, mas também a educação pública de qualidade. Estamos orgulhosos!”, disse Carlos Alexandre.

“A palavra aqui hoje é transformação. Acredito que é através da educação que conseguimos transformar vidas. A iniciativa de participar de programas como esse estimulam outros alunos. A premiação é apenas uma consequência do excelente trabalho desenvolvido por todos”, afirmou Gláucia Vieira.

“Estou feliz de participar dessa cerimônia com a minha mãe, colegas e professores. Ganhar a medalha é um estímulo para continuarmos estudando. Queremos continuar o grupo de estudos para participar de outras olimpíadas”, disse o medalhista de ouro, Thales Campos.

A premiação foi referente ao ano de 2020, mas a edição de 2021 já aconteceu e os alunos de Itaboraí se destacaram novamente. O resultado saiu este mês e dessa vez, foram sete medalhas para os alunos da Escola Municipal Guilherme Miranda Saraiva, com três ouros, uma prata e três bronzes. A entrega das medalhas será daqui dois meses.

error: Content is protected !!