INFORMAÇÃO

Artesões recebem carteiras municipais e nacionais da área

LSM – A Secretaria de Turismo e Eventos e a Secretaria de Trabalho e Renda entregaram diversas carteiras municipais e nacionais do artesão nesta quarta-feira, 4, em Itaboraí.

Com as carteiras, os empreendedores da área artesanal poderão contar com o reconhecimento profissional e diversas vantagens. Cerca de 41 artesãos cadastrados no programa Rodízio da Praça de Itaboraí – iniciativa de feira de produtos artesanais com diversas barracas na Praça Marechal Floriano Peixoto – foram recebidos no salão nobre da sede da Prefeitura de Itaboraí.

No evento, foram feitas homenagens e uma palestra sobre o programa ‘Artesanato em Movimento’, feito pela Secretaria Estadual de Turismo. A palestra foi ministrada pela diretora do Departamento de Produção Artesanal do Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro, Úrsula Hallais.

As pessoas presentes foram informadas sobre a retomada do calendário turístico do estado, sobre políticas públicas de fomento do setor como cursos de capacitação e palestras e sobre as vantagens e importância de se ter a Carteira Nacional do Artesão.

O Secretário de Turismo, José Carlos Cobra, falou sobre o projeto de artesãos que acontece no município. “O projeto Rodízio na Praça é o nosso orgulho. Estamos acompanhando de perto o esforço de cada artesão para avançar. Itaboraí é muita rica no turismo e na cultura e, quando se investe em cultura e em turismo, se movimenta toda uma estrutura regional economicamente, principalmente o artesanato. As carteiras profissionais de artesãos são um passaporte da categoria”, disse o secretário

O Secretário de Trabalho e Renda, Eudnei de Oliveira, destacou a importância de ser um artesão cadastrado e com documento profissional e falou que o objetivo da pasta é investir na capacitação. “A Carteira Nacional do Artesão é o ponto de partida para reorganizarmos a questão do artesanato em Itaboraí. Através de ações em governo que é o trabalho conjunto entre a nossa pasta com as Secretarias de Cultura e Turismo vamos focar na capacitação do artesão incentivando ele pensar e agir como profissional e assim aumentar a sua renda”, enfatizou o secretário.

Saiba como emitir a Carteira Nacional do Artesão

Para quem ainda não solicitou a emissão da Carteira Nacional do Artesão, é necessário criar um cadastro pelo site artesanatobrasileiro.gov.br.

Após o cadastro, o artesão passará por uma prova on-line de habilidades técnicas, onde é preciso apresentar uma peça pronta (de cada matéria prima/técnica que você utiliza) e elaborar uma peça na presença virtual dos avaliadores, mostrando todas as fases até a finalização. A peça será avaliada por uma comissão, considerando os critérios da Base Conceitual do Artesanato Brasileiro.

Além dessa avaliação técnica, é preciso apresentar foto 3×4 colorida recente e sem rasuras; cópia do comprovante de residência com endereço de Itaboraí; cópia do CPF e cópia do RG. O artesão precisa ter idade igual ou superior a 16 anos e ser brasileiro (se for estrangeiro deve estar com a situação regularizada).

De acordo com a Portaria Nº 1.007, de 11 de junho de 2018, artesão é toda pessoa física que, de forma individual ou coletiva, faz uso de uma ou mais técnicas no exercício de um ofício predominantemente manual, por meio do domínio integral de processos e técnicas, transformando matéria-prima em produto acabado que expressa identidades culturais.

Fonte: Prefeitura de Itaboraí

error: Content is protected !!